quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

***PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL DE RIO VERDE ANUNCIA 1º ATRAÇÃO DA EXPO 2016***

Walter Baylão Junior anunciou no início da semana a primeira atração da 58º exposição agropecuária de Rio Verde que acontece de 07 a 17 julho. E para começar em grande estilo na abertura da exposição no dia 07, o presidente do sindicato rural juntamente com sua diretoria traz para rio verde o show que é recorde de público por onde passa, Gusttavo Lima, cantor de sucessos como: você não me conhece, tá faltando eu, fui fiel, jejum de amor, entre outros grandes sucessos. O sertanejo foi um dos artistas mais tocados no ano de 2015. O Sindicato anunciará em breve outras atrações da expo rio verde 2016, também serão divulgados valores de ingressos e passaportes. No evento também haverá sucessos como queima do alho, desfile, boate, fazendinha da vovó e claro o melhor rodeio em touros do brasil que acontece de 14 a 17 de julho.pabx digital

3 comentários:

Anônimo disse...

Grande porcaria de show! Quinta categoria! O Sindicato deveria ter vergonha de contratar um cara assim, pagando caríssimo pela apresentação! É dinheiro jogado fora! É uma desonra!

Leandro Ferreira Dias disse...

Vc tá ficando doido

Anônimo disse...

O Sindicato paga 500 mil pro show de um pé de chinelo, gasta mais 500 mil de propaganda na Globo e assim promove uma noite de zona e bebedeira e cheiração e fumo no parque rural. Depois, no final do ano, o presidente corre o chapéu pra ajuntar meia dúzia de cestas básicas doadas por terceiros e finge que está praticando o bem entregando pros carentes! É uma vergonha. Podia pegar toda essa grana e construir cinco ou seis escolas na cidade quebrada do juraci doente que faria melhor junto a Deus! Além do mais, catar cestas dos outros pra fazer benemerência é pracabá mesmo! A contratação desse cantorzinho de bosta mostra mesmo o nível cultural e a irresponsabilidade do sindicato, que enriquece os empresários de cantores, os atravessadores de agências e outros bandidos que tomam grana da entidade. é uma vergonha muito grande.